Post

O Brazilian Piper participa do Prêmio Juíza Patrícia Acioli de Direitos Humanos. O prêmio foi entregue, em 17 de novembro, às 19h, em cerimônia apresentada por Mateus Solano e Ana Botafogo no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Ainda contou com as participações de Xuxa Meneguel e Glória Perez.

Houve ainda a apresentação das orquestras sinfônicas de Paquetá e de São Gonçalo, do Coral de Crianças da Fundação Xuxa Meneghel, e do coreógrafo Carlinhos de Jesus, juntamente com ritmistas da Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira.

Os ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo, e da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Ideli Salvatti participaram da cerimônia.

Com objetivo de homenagear a memória da juíza Patrícia Acioli – assassinada em 2011 – e dar continuidade à luta da magistrada em prol da dignidade humana, a Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj) criou, em 2012, o Prêmio Juíza Patrícia Acioli de Direitos Humanos.

A premiação tem o intuito de promover um mergulho no amplo universo da Cidadania, através do fortalecimento do diálogo entre o Judiciário e a sociedade. A Constituição garante a todos o direito à vida, à liberdade, à igualdade e à segurança. O objetivo do Prêmio é justamente defender que esses direitos sejam respeitados.